sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

SAUDADE




Saudade, onde é que  tu estás ?
Queria te ver de novo, te olhar, te admirar...
Sinto a tua falta, mas sei que não tem mais volta...
Preciso sonhar...
Mas quem sou para decifrar ou questionar o poder divino?
 Só Deus  é que sabe; ele manda em nosso destino!
Preciso despertar...
Tenho esperança de um dia, ao menos um dia, te rever, te abraçar te beijar...
Deitar-me em teu colo e nele,  fazer-me ninar...
 
Marcos Souza

2 comentários:

  1. Olá, amigo poeta, BOA TARDE!!!! "Saudade... é tudo que restou do amor que um dia nos encantou./Saudade... é tudo que ainda resta e vai continuar ocupando o lugar, daquilo que, apenas foi, mas na lembranças, permanecerá".
    Grata pelo tema inspirador e seus pensamentos poéticos sempre recheados de beleza e encanto.
    Um beijo de luz em seu coração, Marcos.

    ResponderExcluir