quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

SONHO SONHADO


Vi você ao meu lado, belisquei-me para ver se estava acordado.
E você insistentemente continuava ao meu lado.
Nada falavas, apenas sorria... 
Um sorriso inocente, verdadeiro, contagiante, puro...
Pensava nas incontáveis noites que sonhei com algo, que muito queria na realidade.
No próprio sonho despertava, achando que era verdade.
Não, não era, era apenas mais uma fictícia crueldade.
Agora não, agora é verdade!
Estou sentindo o olor de teu corpo, sentindo o calor de tuas mãos.
Enxergando você ao meu lado e escutando as batidas de teu coração.
Só faltava mais um dos cinco sentidos para ratificar,
Que era tudo verdade: o paladar.
Mas quando fui beija-la, para convencer-me que não estava errado, despertei...
Era mais um sonho sonhado.

Marcos Souza

Vocabulário
Olor: s.m. Poética Aroma, cheiro, fragância


3 comentários:

  1. °º♫
    °º✿ Olá, amigo!
    º° ✿♥ ♫° ·. Primeiro sonho sonhado...
    ✿⊱╮ Depois... sonho realizado.

    ResponderExcluir
  2. Olá, poeta, quanta beleza nas imagens por ti desenhadas nesse "Sonho Sonhado"! Oxalá, um dia (e que não demore) seja realizado, Marcos!
    Boa tarde de sábado! Maravilhoso e abençoado domingo! Brinque com moderação! rsrs. Beijos de muita luz e muita paz em sua vida e na vida dos seus.

    ResponderExcluir
  3. Poeta querido!!! Não fique parado...REALIZE!! Lindo lindo o texto.

    beijos
    vera portella

    ResponderExcluir